Hino Acriano – Autor: Dr. Francisco Mangabeira

18 08 2011

Hino Acriano

O Hino Acriano é um dos hinos Estaduais mais belos do Brasil e foi escrito pelo poeta e médico Dr. Francisco Mangabeira (1879 — 1904), que apesar de ser nordestino (baiano – Salvador/BA), lutou bravamente na Revolução Acriana, como guerreiro e secretário da Revolução; e, além disto, também atuou enquanto ainda estudante de medicina na UFBA auxiliando a comunidade de canudos durante o tortuoso período da Guerra de Canudos; fez parte, em Salvador, do grupo criador da Nova Cruzada, movimento de caráter simbolista; foi Médico da Companhia Maranhense, trabalhou na Amazônia, participando da campanha pela libertação do Acre, escrevendo o Hino Acreano e as Cartas do Amazonas para o Diário de Notícias de Salvador.

Assim, foi por nos identificarmos com o Dr. Mangabeira que nós estudantes de medicina da Ufac, ao fundarmos o nosso centro acadêmico, optamos por registrá-lo como DIRETÓRIO ACADÊMICO FRANCISCO MANGABEIRA – DAFRAM. Nos identificamos pois somos um grupo determinado e que, mesmo ainda em formação, busca ofertar melhorias para os que mais precisam e além disto, somos um grupo diversificado (em naturalidade, religião, gênero, classes econômicas…) porém quando entendemos que unidos somos mais forte, lutamos em prol de um propósito único, cada um atuando como pode, em prol de uma saúde mais humanizada.

Quer conhecer um pouco mais acerca do nosso trabalho, acesse:www.dafram.wordpress.com

 

Atenciosamente,

Adriel Lima Guimarães

Membro Fundador, ex-secretário e atual Coordenador Geral do DAFRAM

 

 





CURSO DE “MEDICINA” DA UFAC – RELATÓRIO DE UM CENÁRIO SOMBRIO

29 08 2011

Bem, já temos postado aqui várias informações acerca do curso de medicina da Ufac,  a fim de angariar apoio para as melhorias do mesmo, contudo poucas foram as iniciativas concretas realizadas a fim de sanar poucos dos muitos problemas que existem no referido curso, que sequer tem condições para manter 20 discentes e agora a coordenação veio com o projeto absurdo de mudar de 40 para 80 estudantes ingressando anualmente no curso… assim, mesmo ainda não terminado completamente o relatório abaixo, embora já esteja o mesmo em vias de conclusão, e além dos outros tópicos deste site que fazem referência à pessima qualidade do curso “médico” aqui da Ufac… abaixo disponibilizamos o texto do relatório de que trata o assunto desta postagem a fim de angariar parceiros para que alcancemos o nosso objetivo maior: Nos formarmos com qualidade e ofertarmos o nosso melhor à população que por nós é e será atendida!

Boa sorte para todos vocês! e Contamos com o vosso apoio para cuidarmos bem da SUA SAÚDE e da SAÚDE DOS SEUS FAMILIARES QUE TANTO VOCÊ AMA E PROTEJE!

Assim, nos ajude a formalizarmos melhor o referido relatório, lendo e corrigindo/sugerindo acerca de tudo o que for necessário:

CURSO DE MEDICINA DA UFAC – RELATORIO DE UM CENÁRIO SOMBRIO 

OBSERVAÇÃO:

Estamos fazendo um abaixo-assinado em prol de uma boa formação médica na Ufac! Veja o conteudo e modelo Abaixo e se concordar com o teor e realmente desejar que os estudantes de medicina tenham pelo menos as condições mínimas para se tornarem bons médicos e assim atender melhor a você e a SUA FAMÍLIA, ajude-nos a alcançar as mais de 2.000 assinaturas que almejamos. Assim:

ABAIXO ASSINADO EM PROL DE UMA BOA

FORMAÇÃO MÉDICA NA UFAC

O ensino médico, se não for de excelência, pode oferecer diversos riscos à população; riscos estes que podem ser representativos mesmo antes do estudante de medicina se formar. Sabendo portanto da importância de uma boa Faculdade de medicina para a sociedade e,  devido ao desejo de que o curso Federal de medicina, “fornecido” pela Universidade Federal do Acre (UFAC), venha a ser um curso de excelência, a fim de auxiliar em uma saúde de primeiro mundo,  nós (cidadãos brasileiros) abaixo assinados, solicitamos aos órgãos/autoridades competentes,  e/ou que se solidarizam com a causa, a mediação necessária à tomada das devidas providências para que esse curso cumpra com os convênios e acordos celebrados e com as exigências do MEC para que a Faculdade de Medicina do Acre seja reconhecida, sem manipulação de dados, como uma Escola Médica de excelência; e,  de igual modo solicitamos que sejam feitas as mediações necessárias para que o ensino médico no Acre cumpra o seu dever de formar médicos generalistas e  multiplicadores de uma medicina mais humana e efetiva.

Sem mais a declarar no momento e cientes do direito garantido pela constituição à saúde e educação, nós que acreditamos na gravidade do problema apresentando e na urgência de uma resolutividade, abaixo assinamos.

Atenciosamente:

Nome Grupo que faz parte e/ou representa

             1.      

  2.

Para ver o documento na íntegra, clique em: ABAIXO ASSINADO EM PROL DE UMA BOA FORMAÇÃO MÉDICA NA UFAC





MANIFESTO EM PROL DO CURSO DE MEDICINA DA UFAC

8 10 2010
UNIDOS SOMOS MAIS FORTES!

Inicialmente agradecemos a presença de todos que compareceram no manifesto em prol do curso de medicina da UFAC.Foi maravilhoso a imagem daquela multidão unida e gritando “não é mole não, cuidar de vidas sem boa formação”!! Ao som dos gritos por novas condições de estudo, seguimos do Hall do bloco de medicina,passando pelas pró-reitorias e finalmente estacionamos na reitoria.

Nesse caminho, vía-se que as pessoas estavam solidárias à nossa causa, deixando transparecer que a sociedade acriana certamente não será omissa nessa busca por um bom curso de medicina e consequentemente estarão nos apoiando por melhores condições de saúde no estado. A imprensa também esteve do nosso lado e tende a mostrar a cruel realidade de nosso curso ampliando o alcance de nossas reivindicações.

É de grande evidência os problemas enfrentados pelo nosso curso. Os quais vão desde a grade curricular incompatível com as reais condições de estudo e cuja construção e aleatórias reformas no mínimo causam estranhesa até problemas que segundo os pareceres do MEC e a legislação vigente nunca poderiam ser cogitados de existir neste curso de medicina implantado a 9 anos atras – desde a falta de professores e estrura,até a falta de compromisso de parte dos  professores que têm e entraves administrativos.

Por isso professores, administradores, técnicos, acadêmicos de medicina, demais acadêmicos da UFAC, autoridades acreanas e de poder a nível nacional, população acreana (tanto nascidos quanto naturalizados) precisamos lutar para que esse quadro terrível se reverta e possomas ter um ensino médico de qualidade aqui no Acre. Cada cidadão deve ter em mente que melhorar o curso de medicina da Ufac de forma coletiva e com um olhar social é capacitar o futuro médico generalista de modo a que ele possa resolver pelo menos 80% dos problemas de saúde (problemas básicos) da população e que, caso não possa resolver os 20% restantes, saiba pelo menos encaminhar adequadamente aos especialistas na área; além disto melhorar o curso de medicina da Ufac é fomentar um processo justo, legal e prático de revalidação de diploma aqui no Acre. Criar as condições para que o curso de medicina da Ufac atinja o real e melhor conceito em todas as avaliações nacionais para os cursos de medina é dizer que a população acreana ainda continua honrando a luta dos seringueiros por um Acre melhor e ainda continua honrando a luta dos soltados da borracha e demonstrando que o mais belo Hino Estadual, confeccionado pelo nordestino e jovem médico Francisco Mangabeira, continua valendo para os dias de hoje e continuará valendo para o amanhã dos nossos filhos.

Nossa manifestação está rendendo frutos e é importante que você faça parte deste movimento e a luta por um Acre melhor se fortaleça ainda mais!!

Com o pouco de barulho que fizemos, conseguimos de imediato sermos ouvidos pela reitoria, pró-reitores e diversos professores e autoridades locais e nacionais para discutir sobre o caos em que se encontra a medicina na UFAC.

Esse é o melhor momento para se tentar solucionar problemas que a 9 anos são encobertos pelo sistema UFAC de ser. Precisamos do apoio de todos, principalmente dos estudantes de medicina da UFAC que ainda não aderiram ao movimento para que a voz do povo Acriano seja única e potente e possa intimidar até os órgãos mais poderosos da
em busca de uma Faculdade de Medicina de referência Nacional e Mundial.

Temos argumentos suficientes para conseguir o maior objetivo, que é o ensino de excelência. Basta dizer não ao comodismo e ir à luta. O Acre não pertence a grupos, o Acre é um patrimônio que deve ser defendido a todo custo por todos aqueles que amam este estado!

Atenciosamente

DAFRAM (Diretório Acadêmico Francisco Mangabeira)
Representante legal dos estudantes de Medina da Ufac!

Conheça um pouco mais do

MANIFESTO EM PROL DO CURSO DE MEDICINA DA UFAC

A atuação e importância do bom médico no cuidado da saúde das pessoas é do conhecimento de todos.  Hipócrates, o pai da medicina, já afirmava que “aquele que desejar adquirir o conhecimento da arte médica deverá possuir disposição para isto e FREQUENTAR UMA BOA ESCOLA”. Isto demonstra nitidamente que pesa na boa formação médica não apenas o desejo/prazer de aprender do estudante de medicina, mas, também, as boas condições de ensino.  Hipócrates demonstra a importância do saber intrínseco da medicina quando, no juramento médico, firma seu compromisso dizendo: “em toda casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo dano voluntário”. Portanto, é devido ao desejo, à disposição para aprender a arte da medicina e à certeza de que não podemos causar danos à vida do próximo, que nós, os acadêmicos de medicina da Universidade Federal do Acre, abaixo assinados, vimos exigir da UFAC que forneça um “ensino médico de qualidade” (o qual traga apenas benefícios à sociedade); e pedir à sociedade (maior beneficiada com as melhorias do curso de medicina da UFAC) e às autoridades competentes, que exijam da UFAC as condições necessárias para que o Curso de Medicina desta Instituição Federal de Ensino Superior seja reconhecido nacional e internacionalmente como uma Boa Escola Médica.
Para tanto, se faz necessário:

•        Que a Ufac/Governo/Município/MEC/MS, de imediato, providencie as condições mínimas exigidas pelo MEC para que os curso de medicina adquira o conceito 5, na avaliação in loco do MEC/MS/CNS;
•        Manutenção dos convênios e acordos federais e estaduais para a implantação do curso de medicina da Ufac;
•        Manutenção do Plano orçamentário do Projeto Político-pedagógico do curso de medicina;
•        Manutenção do uso adequado das estruturas construídas para a implantação do curso de medicina da Ufac – tal como o previsto nas plantas de construção das estruturas do referido curso;
•        Que seja realizada uma mudança da matriz curricular do curso de medicina da Ufac melhor adequada às necessidades do Acre e voltada à formação do médico generalista, a qual dever ser coletivamente discutida;
•        Que a Ufac preste contas de todo recurso destinado desde a implantação do curso de medicina e de todos os equipamentos comprados para o curso de medicina;
•        Que a ufac contrate mais técnicos para trabalharem no curso de medicina;
•        Que a coordenação do curso e os setores administrativos da Ufac fiquem sempre abertos, em todos os momentos em que estiverem ocorrendo aulas, para dar uma maior assessoria para docentes e discentes do curso de medicina;
•        Que a haja o bom funcionamento de cada disciplina e interdisciplinaridade entre as cadeiras ofertadas para o curso de medicina da Ufac e que a Ufac submeta ao colegiado de curso os programas e cronogramas de cada disciplina no prazo estipulado pelo estatuto/Resoluções/Pareceres da UFAC;
•        Que haja um convênio com o governo do Estado e os municípios do Acre para a ampliação dos campos de estágio, a preceptoria institucionalizada de estagiários (do 1º ao 12º período) e a remuneração dos estagiários que tiverem direito a isto – seguindo o que é exigido pela lei do Estágio (lei nº 11.788);
•        Que a UFAC firme convênios com o IML, a exemplo da UFPB, tendo em vista as aulas práticas sobre medicina legal e a agilidade do processo de captação de cadáveres e/ou que a Ufac firme convênios com outras universidades do país para o fornecimento de cadáveres.
•        Que a Ufac/Governo/Município regularize as unidades de prática para que estas sejam consideradas como Hospital Escola pelo MEC/MS;
•        Que a Upa do Tucumã deixe de ser UPA e volte a ser Policlínica, conforme seu projeto original de suporte à formação em saúde;
•        Que a Ufac providencie/instale/mantenha os equipamentos (tanques para cadáveres, coleção de lâminas, microscópios…) os equipamentos/materiais necessários principalmente às aulas práticas.

Notícias acerca do Movimento em Prol do Curso de Medicina da Ufac

Renião de colegiado de curso na reitoria, com a cúpula administrativa da Ufac/curso de medicina

APRESENTAÇÃO NA REITORIA – só informando, foram 4h de reunião e não conseguimos avançar para o 5º tópico, sendo que os 4 primeiros eram apenas os problemas de facílima resolução.

Fotos do manifesto:

Documentos:

Jornais (texto):

http://www.ufac.br/informativos/ufac_imprensa/2004/12dez_2004/artigo1723.html

http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=8037:alunos-de-medicina-reclamam-de-professores-faltosos-e-falta-de-estrutura-&catid=19:acre&Itemid=145

Vídeos:

http://oriobranco.net/videos.html?task=viewvideo&video_id=591

http://oriobranco.net/videos.html?task=viewvideo&video_id=578

 

NÃO ESQUEÇA:

Melhorar o curso de medicina da Ufac, é melhorar a Saúde do Acre!





AÇÕES JÁ REALIZADAS PELOS ESTUDANTES DE MEDICINA DA UFAC

13 08 2010

Saiba mais sobre o MedAprova:
 *Blog oficial: http://medaprova.blogspot.com/ ,
* Matéria: http://altino.blogspot.com/2010/08/medaprova.html
* Vídeo (entrevista): http://www.youtube.com/watch?v=lRW5bUThGok ,
* Vídeo (entrevista): http://www.youtube.com/watch?v=GcS4yxfiU98

 

Projeto Alfa

Cursos de Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes

 

Conheça mais um pouco sobre o projeto Alfa
* Vídeo confeccionado pelos alunos de medicina: http://www.youtube.com/watch?v=a2hDU3sHyFI&feature=youtube_gdata;
*Matéria: http://www.agencia.ac.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2626&Itemid=26;
* Blog Oficial: http://alfarbr.blogspot.com/p/certificados.html
.

O programa MEDILHAÇO, que ainda está em fase de implantação, tem como objetivo promover a alegria e o bem-estar através do riso, assim como auxiliar nas necessidades afetivas, emocional, social e cultural de crianças hospitalizadas no Hospital da Criança.

Conheça o projeto na integra.

PROJETO – MEDILHAÇO < clique aqui e baixe o projeto

 

Temos palestras sobre:

  • Como prevenir as 5 maiores causas de morte no Brasil;

  • Distúrbios do sono;

  • Drogas/Auto-medicação;

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis; …

 
Obs.: adequamos as nossas palestras às necessidades do seu grupo
(empresa, escola, hospital, creche, cooperativas, associações, ong’s, tribos …)

E isto é apenas um pouco do que fazemos pelo Acre!

Breve, neste site, estaremos divulgando mais ações realizadas por meio da participação direta dos estudantes de medicina da Ufac –  projetos de pesquisa/extensão, atuação das ligas, ações junto a comunidade acriana, palestras, monografias…

OS ESTUDANTES DE MEDICINA DA UFAC MUITO TEM CONTRIBUIDO COM O ACRE, CONTUDO PRECISAMOS DE SUA COLABORAÇÃO PARA PODERMOS FAZER MAIS PELO NOSSO ESTADO – SEJA UM PARCEIRO DO PROJETO “AMIGO DO ESTUDANTES DE MEDICINA DA UFAC”!

Saudações

Adriel Lima Guimarães
Coordenador Geral do DAFRAM
9212-5089/9978-2381/8115-2389




SEJA UM AMIGO DO ESTUDANTE DE MEDICINA DA UFAC!

12 08 2010

MUITOS FALAM DA IMPORTANCIA DO ACADÊMICO PODER CONTRIBUIR COM A SOCIEDADE ENQUANTO É ESTUDANTE, POR ISTO MESMO O DAFRAM CRIOU O PROJETO AMIGO DO ESTUDANTE DE MEDICINA DA UFAC (clique e conheça o projeto >PROJETOS DAFRAM PARA VISUALIZAÇÃO )

PRETENDEMOS COM ESTA INICIATIVA AMPLIAR A ATUAÇÃO VOLUNTÁRIA DOS ACADÊMICOS DE MEDICINA DA UFAC, JUNTO A NOSSA SOCIEDADE ACRIANA.

PROMOVER O VOLUNTARIADO É PROMOVER CIDADANIA!

AS PESSOAS JURÍDICAS (empresas, associações, ong’s, orgãos públicos, cooperativas, conselhos…) E/OU FÍSICAS (qualquer cidadão consciente) QUE DESEJAREM APOIAR ESTE PROJETO E ASSIM ESTRUTURAR A NOSSA ENTIDADE DE FORMA A PODERMOS AMPLIFICAR AS AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE EM NOSSO ESTADO PODEM FAZER AS SUAS DOAÇÕES DIRETAMENTE EM NOSSA CONTA BANCÁRIA:

Ag. 4266-8/ C.C 19142-6 (Banco do Brasil)

e/ou ENTRAR EM CONTATO COM NOSSA DIRETORIA POR MEIO DESTE BLOG, DO E-MAIL DO DAFRAM (dafram@ufac.br), ou FALANDO DIRETAMENTE COM NOSSA DIRETORIA

Atenciosamente

Adriel Lima Guimarães
Coordenador geral do DAFRAM
 9978-2381/8115-2389
OBS1.: Informamos ninguém, está habilitado por esta diretoria a receber doações, em espécie. A preferencia é que as doações sejam realizadas diretamente em nossa conta bancária.
OBS2.: É DE BOM TOM QUE ENVIEM PARA O E-MAIL DO DAFRAM CÓPIA DO COMPROVANTE DE DEPÓSITO, OU O NOME COMPLETO DE QUEM DEPOSITOU, O DIA, E A HORA DO DEPÓSITO PARA QUE POSSAMOS DIVULGAR EM NOSSO SITE.
OBS3.: Contribuições sem comprovação serão relacionadas em nosso site como CONTRIBUIÇÃO ANÔNIMA.
EMPRESA AMIGA DO ESTUDANTE DE MEDICINA
A empresa Extação da Xérox já fez contribuições equivalentes a
R$ 2.200,00 (dois mil e duzentos reais)ao DAFRAM para a confecção
das 2 ultimas edições do Jornal Cefaléia. Além de promoções
aos acadêmicos de Medicina da Ufac.
A Extação da Xérox fica próxima ao Centro de Saúde Barral&Barral,
em frente a loja colchões ortobon - Extação Experimetal.
VAMOS COMPRAR NAS EMPRESAS QUE DEMONSTRAM SER NOSSAS AMIGAS!




DISCUSSÃO DA MUDANÇA CURRICULAR – MEDICINA/UFAC

2 08 2010

Professores, médicos, colegas de curso e amigos que se interessam no tema reforma curricular dos cursos de medicina,

Visando uma mudança coletiva da Matriz Curricular da “Faculdade de Medicina do Acre”, que deve sempre ser  pautada no olhar multiprofissional e interdisciplinar e na formação médica ideal – encaminho, em anexo, para uma maior discussão posteriormente:

*A “proposta do DAFRAM de readequação curricular” (baixar>MUDANÇA CURRICULAR – propostas Jornada de medicina) com as adequaçoes sugeridas em plenária durante a II JORNADA ACADÊMICA DE MEDICINA DA UFAC”, dia 16/09/10, – a qual apresenta os devidos argumetos antes da apresentaçao da proposta em si. A formatação incial da proposta foi pensada e estruturada em reuniões da diretoria do DAFRAM a qual tomau por base as exigências do Mec/MS, discussões e estudos acerca das mudanças curriculares dos cursos de medicina, as estruturas curriculares dos cursos conceituados como nível 5 e 4 nos tópicos acerca de avaliação de escolas médica (site WWW.ESCOLASMEDICAS.COM.BR) e, principalmente, nos critérios de avaliação do Mec para que os cursos de medicina alcançem conceito 5 – tb disponível no site escolas médicas.

*O primeiro projeto Político-pedagógico do curso de medicina da Universidade federal do Acre, o qual foi confeccionado após ricas discussões com a comissão de estruturação do projeto (baixe clicando aqui> 1º projeto do curso de medicina ANUAL- projeto do ano de 2000);

Obs.:Vejam que no projeto politico-pedagógico inicial do curso de medicina da Ufac previa-se um curso anual e não semestral – o projeto que segundo o Dr. Tavares Neto (diretor da Faculdade de Medicina da Bahia) foi modificado da noite para o dia e via telefone, quando alguém da então administração liga para ele e pede que faça as mudanças de anual para semestral, não poderá ser disponibilizado pois ainda nao temos uma cópia em pdf… – este material e relato é apenas para entendermos um pouco a construção da atual estrutura curricular, que é nitidamente diferente da original pensada pela comissão.

Caso desejem fazer mais alguma alteração na proposta de mudança curricular sugerida pelo DAFRAM e discutida na jornada, pedimos que o façam no tópico correspondente a este assunto – em nosso site www.dafram.wordpress.com.

Atenciosamente

Adriel Lima Guimarães
Coordenador Geral do DAFRAM
(68) 9212-5089/9978-2381/8115-2389

Obs2: Durante os debates não entramos muito no mérito carga horária e créditos teórico/prático/estágio da proposta. Focamos apenas nas disciplinas e ficou acertado que faremos outra plenária para discutir estes temas e a questão das ementas e programas de cada disciplina;

Obs3.:A carga horária mínima do estágio curricular , exigida pelas diretrizes Curriculares para os Cursos de Medicina é de 35% (trinta e cinco por cento) da carga horária total do Curso.





Equipe de primeiros socorros – Vestibular 2011

2 08 2010

43 discentes de medicina irão atuar na equipe de saúde (primeiros socorros) durante o vestibular 2011.

Ano passado foram apenas 36, contudo devido a atuação brilhante destes estudantes este número foi ampliado.

Informe aos discentes que se inscreveram: dia 23 de outubro ao final do curso de radiologia, no CRM, será divulgado o resultado da seleção.

Os colegas que ainda desejam se inscrever, podem entregar-me os seus dados até amanhã, uma vez que criaremos um cadastro de reserva caso todas as vagas já estejam preenchidas.

Os dados são: Histórico escolar; CPF, NIT/PIS/PASEP, nome completo, telefone, nome do banco, agência e conta corrente no qual deseja receber o pagamento ou informar se deseja receber pelo CPF.

Grato pela atenção

Adriel Lima Guimarães
Coordenador da equipe de saúde – COPEVE 2011
(68)  9978-2381
 ADENDO:  Peço perdão aos 45 colegas que me entregaram a documentação pois, eu pedi pra sair da coordenação da equipe de saúde, pedi pra sair e não  fui retirado como algum mentiroso covarde ousa dizer pelos corredores.

 

 Pedi pra sair devido a falta de profissionalismo do meu antigo supervisor, um dos cabeças da candidatura do ex-reitor à dep. Estadual; e concomitantemente, devido a falta de noção por parte de cinco colegas infantis do 12º período… que nunca participaram sequer de uma reunião acerca do atual “movimento em prol do curso de medicina da Ufac” mesmo sabendo delas.

 

Os indivíduos supra citados em meio a uma reunião que trataria sobre a equipe do vestibular  fizeram uma tentativa de me humilhar injustamente, inclusive o André (12º período), apesar de eu ter ficado calado a maior parte do tempo, mandou arrogantemente que eu calasse a minha boca… Portanto não havia diálogo então saída da suposta reunião….

 

Como eu já havia pego o material dos colegas que sabiam ler e viram o e-mail e trouxeram a documentação em tempo hábil…. entreguei ao meu ex-supervisor do vestibular a relação completa com os dados do pessoal que havia se inscrito, mesmo assim para os que civilizadamente me procuraram por não terem visto o e-mail, pois nem todo mundo é obrigado a ter internet, eu informei que ainda poderiam me entregar a documentação e que haveriam 2 reuniões, onde quem não fosse seria excluído da relação… tal como ocorre com os que são fiscais de sala/corredor.

 

Informo ainda que eu havia solicitado ao meu ex-supervisor, Sergio Sirqueira, que as inscrições da equipe do vestibular fossem iguais as realizadas para fiscais de sala, ou seja, no site da UFAC e este mesmo senhor me disse que não seria necessário pois a equipe era minha e eu selecionaria como eu quisesse… é tanto senhores que o processo de inscrição foi fora a parte…

 

As irregularidades são tão grandes que eu, ano passado, disse que queria receber como fiscal pois para ser coordenador e receber como tal, tem que fazer parte do quadro da UFAC… mas isso Tb não foi atendido e recebi como coordenador e aceitei pois o senhor Sergio me informou que não tinha problema algum… contudo depois fiquei sabendo que essa equipe de saúde nem sequer estava regulamentada, pedi ao Sérgio e a comissão da copeve que o fizesse, mas quem averiguará isso será a CGU, se achar conveniente… e acho q não serei eu quem encaminhará a denuncia…

 

Ouvi ainda a triste aberração, que todos os discentes do 2º e 4º período, apesar de ano passado tb terem sido maioria na equipe e tudo ter ocorrido bem… não seriam capazes de participar de uma equipe de primeiros socorros e deveriam ser excluídos da equipe… pois os coleguinhas do 12º período disseram que o povo do 12º, 10º, 8º e 6º períodos eram mais capazes de realizar uma [simples] ação de “primeiros socorros durante o vestibular”….  O sergio prometeu-me que iria levar em consideração o povo que havia se iscrito com antecedencia, não sei se isto ocorrerá pois só Jesus sabe o que se passa na cabeça das pessoas, mas apesar de tudo, gosto do sergio e lhe darei mais este voto de confiança. 

Contudo, vergonhosamente percebe-se que a antiga prática da opressão e assédio moral ainda é uma prática comum utilizada por quem está no “poder” e/ou por pessoas fracas de conhecimento acerca do que se chama democracia e direito a livre expressão.

 

Aqui não estou pedindo apoio de ninguém acerca deste assunto, nem ao menos peço que me defendam, pois quanto menos gente se envolver melhor, pois como sempre digo… somos adultos e tudo que semeamos colhemos… isto não é uma ameaça é uma constatação de fatos… se deverá haver ou não alguma punição concernente aos meus atos e/ou de outros… quem decide são as instancias deliberativas da UFAC e os Magistrados…

 

Um grande abraço para todos, só peço que tenham moderação no que vão escrever contra mim… pois uma coisa é a conversa de corredor e outra bem diferente é a que se coloca num papel e assina…

 

Eu não tenho medo de expor os meus pensamentos em um papel e assinar a minha autoria, como sempre fiz… e nunca assinei, depois de adulto, algum papel/documento sem ter certeza do que eu estava fazendo.

Portanto, sei bem o que meus atos podem ou não trazer de conseqüências sobre a minha vida acadêmica e social.